MÃE ACUSADA DE MATAR FILHO ENVENENADO É PRESA 10 ANOS DEPOIS

A equipe da Policia Civil em Amaraji sob direção do Delegado Paulo Lapenda, cumpriu na manhã desta quarta (27/11) um mandando de prisão em desfavor de Luzinete Maria da Silva, 38 anos, sob ela pesa a acusação de ter matado o filho E.G.S, 5 anos envenenado com chumbinho de rato a 10 anos atrás.
Após receber o mandando de prisão os comissários Lima, Jurandir, Anderson, Cleiton e Fernando, sob a chefia do Delegado Paulo Lapenda seguiram em direção a zona rural da cidade de Ribeirão na tentativa de prender a acusada, ao chegar a localidade foram informados que não morava mais naquela área e sim na cidade de Escada-PE. Sem perder tempo e temendo que ela fosse avisada se dirigiram ao bairro do Jaguaribe, na cidade de Escada e lá encontraram a casa onde morava, sendo dado voz de prisão e encaminhada a delegacia de Amaraji para serem tomadas as providencias cabíveis.
Segundo o delegado, a acusada será encaminhada para o presídio feminino do Bom Pastor, em Recife.

O crime no ano que foi praticado teve grande repercussão no estado, clique aqui e veja a matéria feita pelo Diário de Pernambuco sobre o caso.

Entenda o caso

O crime aconteceu no ano de 2003, na divisa de Amaraji e Ribeirão, e a partir da suspeita do serviço social do Hospital da Restauração, a DPCA na época, descobriu que a responsável pela morte da criança E.G.S, 5 anos, havia sido sua própria mãe, Luzinete Maria da Silva. Ela chegou a confessar junto a Delegada Conceição de Fátima, que realmente havia colocado veneno de rato no jantar servido a família, afirmando que a sua intenção era matar o marido, o pedreiro Manoel Oliveira de Andrade, então com 32 anos.
Luzinete foi acusada de homicídio e tentativa de homicídio, já que não havia configurado o flagrante e respondeu naquele ano em liberdade.
O casal tinha quatro filhos. Luzinete em entrevista a um jornal de grande circulação no Estado havia declarado que a sua intenção era matar o marido, pois segundo ela, ele a agredia constantemente e relegava os filhos.

Com informações da Policia Civil/Amaraji
Foto: Edmar Gomes

Matéria publicada em um jornal no ano do crime (2003)

Compartilhe:

Comentários

comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.