VEREADORAS DE AMARAJI PARTICIPAM DE ENCONTRO DE VEREADORAS DE PERNAMBUCO

Foi realizado nos dias 18 e 19 de setembro de 2013 na cidade de Gravatá , O 7° Congresso de Vereadoras de Pernambuco com o tema A MULHER NA POLÍTICA organizado pela UVP (União de Vereadores de Pernambuco) representados pelas mulheres eleitas dos seus municípios, apresentada pela mestre de cerimonia Isabel Barbosa no auditório do centro de convenções do Hotel Portal Gravatá, onde o público alvo foram vereadoras, deputadas estaduais e federais, vice-prefeitas, prefeituras e secretárias municipais servidoras de câmaras e demais convidados, onde contou com a presença de autoridades municipais, estaduais e federais.
Para o inicio do evento foi formada a mesa de abertura com representações dos segmentos políticos do estado de Pernambuco no qual foram as seguintes personalidades.
Presidente da UVP da Mulher- Narah Leandro
Presidente da UVP-PE- Severino Barbosa de faria Filho (Biu Farias) e sua Esposa Ana Célia
Prefeito de Gravata – Bruno Martiniano e Esposa Paula Martiniano
Presidente da Câmara de vereadores de Gravata- Pedro Martiniano e esposa 
Deputada estadual e Secretária de Desenvolvimento Social e Direitos Humanos- Laura Gomes
Deputada Estadual Raquel Lira
Secretária estadual da Mulher- Cristina Buarque-
Deputado Estadual- Diogo Morais
Presidente do Tribunal de Contas de Pernambuco
Representante das Mulheres de Gravatá -Madalena Medeiros (primeira Tabeliã de Gravatá)
Presidente Executiva do PSB Nacional – Mari Trindade Primeira
 Presidente do PSB Nacional – Dora Pires
Na ocasião a  presidente da UVP Mulher, Narah Leandro falou sobre que a missão é ampliar e avançar nas conquistas da UVP, “quero implementar junto as vereadoras um parlamento vibrante e moderno, pleno de compromisso social, liberdade politica e criatividade institucional. Juntos precisamos incentivar as mulheres na participação, formulação e implementação de políticas publicas. Eliminando a discriminação e promovendo a igualdade de direitos, deveres e oportunidades entre os sexos em Pernambuco. Abrindo portas para que outras mulheres,também possam no futuro, serem representantes da sua cidade, do seu estado e do seu país no parlamento,com orgulho e a alegria de ser mulher”. destacou a presidente da UVP Mulher.
O presidente da UVP Biu Farias também trouxe uma mensagem de otimismo quanto ao desenvolvimento da entidade e disse que a união de vereadores de Pernambuco -UVP – comprometida com o fortalecimento e a capacitação do Poder Legislativo tem o maior prazer de abordar com maior clareza os aspectos importantes sobre o conhecimento e o funcionamento. 
Presente também no evento o prefeito de Gravata Bruno Martiniano sentiu-se honrado pelo governador Eduardo Campos por Gravatá ser escolhido para ser o município realizador do evento o 7° Congresso Estadual de Vereadoras em valorizar muito mais a cidade para os futuros acontecimentos e assim fazer com que Gravatá esteja muito mais nos roteiros de eventos de turismo do estado de Pernambuco.
Representando a cidade de Amaraji, estavam as parlamentares Maria do Socorro (Côca) PT, e Glória Gouveia, PR, que é vereadora e presidente da Câmara, as mesmas no evento cederam uma breve entrevista ao nosso repórter Márcio Meira.
Márcio Meira – O que vocês podem falar da importância desse evento para Amaraji?
Glória Gouveia – Esse congresso tem uma grande importância pra gente,para o nosso município e principalmente pra nós que representa as nas mulheres,para as políticas voltadas principalmente para as mulheres e o nosso espaço na política é uma representação muito pequena.

Côca – Hoje eu e Glória representamos as mulheres tanto pra nós e as mulheres de Amaraji e vamos sentar,conversar para que elas se sintam valorizadas.
Márcio Meira – Esse percentual é uma filosofia que o eleitor ver pra votar ou questão dentro dos partidos não ter um percentual a mais para ter uma quantidade maior de compor as bancadas nos municípios?
Glória Gouveia – A nossa luta não é de agora,então envolve muitas coisas.A  nossa luta, a nossa história é um mundo machista. Como se diz e foi tratado aqui,em todos os aspectos a gente sente que a mulher precisa mais do seu espaço político.

Côca – Existem os dois lados, tanto os partidos quanto a maneira de se interpretar a política.
Reportagem: Márcio Meira (Enviado especial do Amaraji Notícia ao Evento)
Compartilhe:

Comentários

comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.