COMERCIANTE DE AMARAJI É DETIDO EM GRAVATÁ POR PREGAR O EVANGELHO

O evangélico e doente mental Manoel Honorato que reside em Amaraji foi apreendido e conduzido neste sábado (17/08) à 62ª DEPOL por fiscais da Prefeitura Municipal de Gravatá com suporte da Guarda Municipal da cidade, o comerciante estava na feira livre pregando o evangelho e comercializando macaxeira. De acordo com informações repassadas por fiscais da prefeitura, o homem estava falando em tom alto, o que segundo os feirantes, atrapalhava o comércio.
A reportagem entrevistou o pregador, Manoel Honorato da Silva, e perguntado o motivo de sua condução a delegacia o mesmo respondeu: “Eu estava pregando o evangelho na rua, o evangelho de Jesus que eu prego na rua eu prego com autoridade. Aquele que não temer oque mata a carne não sabe onde coloca o espirito, temer mesmo só a Jesus Cristo. As pessoas queriam colocar o evangelho para trás e as pessoas não podem fazer isso. O evangelho de Deus é firme, forte e poderoso. Não desacatei ninguém, agora eles desacataram a Deus”, disse o senhor apreendido.
O vereador da cidade de Gravatá, Léo do AR (PSDB) passava pelo local no momento do episódio e acompanhou de perto a ação dos guardas e dos fiscais. Na delegacia de polícia, o parlamentar se comprometeu em acionar sua assessoria jurídica para orientar a parte no que for preciso: “Eu estarei me reunindo com minha equipe jurídica para juntos analisarmos o que compete e não compete fazer a guarda municipal e os fiscais da prefeitura. Agora, o que não pode é um cidadão pregar o evangelho, ou vendendo seu produto e de repente ser abordado por fiscais e conduzido à delegacia. Faltou sensibilidade, fé e paixão cristã”, disse o vereador.
No momento em que foi abordado, o pregador teria desacatado um dos fiscais que usava brinco: “Eu apenas disse que a palavra diz que o brinco ficou para uso de mulheres e não de homens”, disse o acusado.
Confira na integra a entrevista concedida pelo senhor Manoel a um programa de rádio da cidade.

Compartilhe:

Comentários

comments

2 thoughts on “COMERCIANTE DE AMARAJI É DETIDO EM GRAVATÁ POR PREGAR O EVANGELHO

  • 19 de agosto de 2013 em 1:13 pm
    Permalink

    Usar a ideia de que pregar evangelho é justificativa pra qq coisa não vale, tem muuuito crente que acha que todo mundo tem que aturar esses descalabros e perturbação em qq lugar e em qq hora, muito sem noção.

  • 19 de agosto de 2013 em 2:17 pm
    Permalink

    DESCALABRO É:
    QUATRO OU CINCO DIAS DE CARNAVAL COM UM RESULTADO ALARMANTE DE ROUBOS, AGRESSOES, DESASTRES NO TRANSITO, E ASSASSINATOS

    DESCALABRO É:
    ACORDARMOS O MES DE MAIO TODINHO SENDO ASSUSTADO POR UM SINO AS QUATRO HORAS DA MANHA

    DESCALABRO É:
    VERMOS UMA MULTIDÃO DE JOVENS QUE PROFESSAM UMA FÉ
    E AO SAIREM DE SUAS IGREJAS ENTRAREM NA PRIMEIRA BARRACA DE CACHAÇA E BEBEREM ATE AMANHECER O DIA

    EXISTEM OUTROS DESCALABROS QUE NAO IREI CITAR
    POREM…..
    MUITO CUIDADO MEU JOVEM!
    DEUS NÃO SE DEIXA ESCARNECER
    TUDO QUE O HOMEM SEMEAR
    ISSO ELE TAMBEM COLHERÁ Galatas6:7

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.