COBRADORA DA BORBOREMA É AGREDIDA DENTRO DE COLETIVO EM AMARAJI

Uma confusão foi gerada na tarde deste domingo dentro do ônibus da empresa Borborema que fazia a linha Escada-Gravatá, quando o mesmo estava chegando na cidade de Amaraji, segundo depoimento colhido na delegacia, o veiculo estava na PE 71 vindo no sentido Amaraji, quando Maria José da Silva, 29 anos acompanhada de mais duas irmãs, entrou no ônibus agredindo a cobradora Sandra Maria Ferreira, 36 anos, com palavrões e inclusive discriminações por racismo chamando a cobradora de macaca e negra, foi quando os ânimos da confusão aumentou e partiram pra agressão física, no momento o motorista o sr. Genimário tentou acalmar a confusão e logo após conduziu o ônibus com a cobradora a delegacia local para lavrar um boletim de ocorrência contra a agressora.
Segundo consta no BO e também nossa equipe conversou com a vitima, essa confusão toda teve inicio a muito tempo atrás devido a cobradora hoje morar com o ex-marido da agressora e ter uma filha do antigo relacionamento, e a mesma cobra ciume até hoje deste relacionamento do passado, segundo informações a Maria sempre ameaça a vitima por telefone e até na rua quando a ver.
Logo após lavrado o Boletim de ocorrência a cobradora foi encaminhada ao Hospital Alice Batista para atestar a agressão e liberada, as partes agora aguardam o chamado da justiça para tentar resolver este impasse.
Compartilhe:

Comentários

comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.