APÓS VARIAS DENÚNCIAS HOSPITAL É FECHADO EM RIBEIRÃO, NA MATA SUL

A fiscalização do Conselho Regional de Medicina de Pernambuco (Cremepe) vistoriou na manhã desta sexta-feira (23) o Centro de Triagem de Ribeirão, na mata sul do Estado. A ação é decorrente de uma série de denúncias feitas à imprensa e ao Conselho de medicina, nesta semana. Por isso foi verificado que a unidade funciona de maneira improvisada no antigo prédio da Secretaria de Saúde do município em condições precárias e com plantões irregulares.
A unidade que hoje assiste cerca de 50 mil habitantes está com a escala de um plantonista para atender em média 100 pacientes em 24h. Nela, os cidadãos não podem ser internados, nem fazer procedimentos cirúrgicos e as parturientes não tem condições de parir porque não há sala de parto. Na urgência são atendidos apenas os partos em fase expulsiva. Entre os problemas encontrados na fiscalização estão a falta de enfermeiros durante vários dias da semana, ausência de equipamentos para pacientes em intecorrência médica, como desfribilador e respirador. Ainda há mofo e infiltrações nas paredes da recepção, da triagem, da sala de espera, do consultório médico, da sala de observação, entre outro ambientes.
Por fim, os médicos fiscais Sylvio Vasconcellos e Otávio Valença constataram que a falta de estrutura física na unidade, escalas de plantão desfalcadas e a ausência de um diretor técnico não garante as condições básicas para o atendimento médico no serviço. Além disso, o local não atende à resolução 1.342/1991 do CFM que estabelece normas sobre responsabilidade e atribuições do diretor técnico e clínico, onde obriga que qualquer organização hospitalar – pública ou privada- tenha que funcionar com esses profissionais. Já a questão dos dois médicos em plantões ilegais foi averiguado que o fato procede, entretanto, os profissionais não foram localizados e a informação é que um dos diplomas não está revalidado e o outro não foi comprovado sua legalidade.
Por meio de uma nota a Prefeitura de Ribeirão em sua pagina informou o fechamento da unidade de saúde da cidade confira;
“A secretaria de saúde, em nome do secretario Fernando Viana vem a publico informar a população de Ribeirão o fechamento do Centro de Triagem, o motivo foi devido ao grande numero de denuncias prestadas a órgãos fiscalizadores.Deixamos bem claro que a intenção da secretaria de saúde Nunca foi transformar o centro de triagem em hospital e sim viabilizar a população atendimento medico por 24 horas até a reabertura do hospital, sabendo que a gestão passada fechou todas unidades hospitalares e PSF,s.. iniciaremos reformas a partir de segunda-feira no centro de triagem para adequação .
Disponibilizaremos a população atendimento nos PSF,s que estão em pleno funcionamento e setor ambulatorial do Sesp.Esclarecemos ainda que as ambulâncias ficarão a disposição da população com enfermeiros plantonistas e técnicos de enfermagem para dar todo suporte necessário a população por 24 horas todos os dias, sendo localizadas na base do Samu e que a partir de segunda teremos clinico geral
Prefeitura Municipal de Ribeirão

Do PortalPE10

Compartilhe:

Comentários

comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.