VEREADOR DE CARUARU É PRESO ACUSADO DE RECEPTAÇÃO QUALIFICADA

Foi preso por policiais civis da 3ª DP de Caruaru, através de Mandado de Prisão Preventiva, na tarde desta segunda-feira, 22, o vereador Jailson Soares de Oliveira Batista, o Jajá, como é conhecido de 26 anos, do (PPS), que atualmente integra o quadro de vereadores da câmara municipal de Caruaru. Ele compareceu ao Fórum local, para prestar esclarecimentos sobre um veículo Citroën C-4 Pallas preto, que foi apreendido com o mesmo, no mês de setembro de 2012, pois este carro é roubado e estava com adulterações no chassi e com a documentação falsificada.
Questionado sobre o veículo, Jajá, afirmou ter comprado o carro no mês de maio do ano passado ao preço de R$ 55 mil, e que teria pago R$ 40 mil e o restante iria pagar dois meses depois, só que vendedor nunca apareceu para cobrá-lo e devido as ocupações de sua campanha eleitoral, não deu importância e achou que estava tudo bem, até seu carro ser apreendido pela Polícia Civil, á época. Para o vereador a sua prisão foi uma armação política, pois segundo ele tem sido vítima de perseguições dos outros vereadores e do prefeito, pela sua postura na câmara local.
O delegado Márcio Cruz, é o responsável pelas investigações.

O delegado responsável pelas investigações, Dr. Márcio Cruz, disse que jamais houve intervenção política, que solicitou a prisão do político ainda durante a campanha e que nunca acreditou na inocência do acusado. Segundo o delegado, este carro foi vendido ao vereador por um integrante da quadrilha presa no ano passado na Operação Clone. A autoridade policial, disse ainda que Jájá responderá pelos crimes de receptação qualificada (pelo uso de documento falso), receptação simples (por posse de veículo roubado), adulteração de sinais de identificação de veículo automotor) e falsificação de documento público.

O advogado do vereador, Dr. José Américo, disse que vai solicitar o habeas corpus para o seu cliente, pois o mesmo tem profissão definida, moradia fixa e não representa nenhum risco á sociedade.
O vereador foi encaminhado ao IML para fazer o exame de corpo delito e posteriormente, foi encaminhado á Penitenciária Juiz Plácido de Souza (PJPS), em Caruaru, onde ficará recolhido em uma cela simples, pois ele não tem curso superior, tampouco tem imunidade parlamentar.
Compartilhe:

Comentários

comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.