TRANSPORTE DE PEÇA GIGANTE É CONFUNDIDO COM QUEDA DE AVIÃO EM PERNAMBUCO

A suposta queda de uma aeronave na praia de Barra de Catuama, em Goiana, Litoral Norte de Pernambuco, no final da tarde desta quarta-feira (24) foi, na verdade, a passagem de um navio que transportava uma peça gigante. O equipamento chamado de queimador estava sendo rebocado para o Porto de Suape, no Litoral Sul do Estado, onde será instalado na plataforma de petróleo P62, atracada ao Estaleiro Atlântico Sul.
A suposta queda de uma aeronave na praia de Barra de Catuama, em Goiana, Litoral Norte de Pernambuco, no final da tarde desta quarta-feira (24) foi, na verdade, a passagem de um navio que transportava uma peça gigante. O equipamento chamado de queimador estava sendo rebocado para o Porto de Suape, no Litoral Sul do Estado, onde será instalado na plataforma de petróleo P62, atracada ao Estalaeiro Atlântico Sul.
Por volta das 17h desta quarta-feira (24) o Corpo de Bombeiros confirmou o recebimento de uma chamada dos moradores da localidade de Barra de Catuama, em Goiana, Zona da Mata de Pernambuco, afirmando que um avião havia caído no mar. A informação falsa acabou sendo confirmada pela Polícia Rodoviária Federal, que chegou a especificar o avião como um bimotor.
O engano causou confusão na região e atraiu uma força tarefa formada por Corpo de Bombeiros, Aeronáutica e Marinha na busca por vítimas ou destroços da suposta aeronave. No entanto, cerca de duas horas depois do início do boato, as autoridades negaram qualquer acidente aéreo, pondo fim à confusão de informações.
Fonte: NE10.
Compartilhe:

Comentários

comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.