TIO DA DEP. MARY GOUVEIA DENUNCIA ABANDONO DO CEMITÉRIO DE AMARAJI

O aposentado Severino Fidélis de Moura, tio da Dep. Mary Gouveia, usou o seu Facebook neste domingo (09/06) e denunciou a forma que encontrou o cemitério municipal de sua terra natal – Amaraji-PE.
Severino que mais é conhecido por Birino é aposentado, tem 68 anos é casado, mora na cidade de Maceió, e é irmão do pai da Dep. Mary Gouveia, como de costume sempre que vem a sua cidade natal faz questão de visitar os túmulos dos seus familiares que já se foram desta para a outra vida, o que poderia estar limpo e organizado para receber os familiares não estava da forma que era para estar.
Neste sábado (08/06) quando o mesmo caminhava pelo cemitério municipal de Amaraji o que o mesmo relata que via era muita vegetação, “Coisa extarrecedora o Cemitério coberto de vegetação,e ervas

daninhas em toda extensão. Assunto para o Ministério Público executar a administração municipal. E note-se que o pai do prefeito também está enterrado ai nesse Campo Santo. Tem até um milharal plantodo em cima dos túmulos.”, o mesmo postou as fotos e ainda aproveitou para criticar o atual gestor da cidade o Sr. Jânio Gouveia, quando escreveu dizendo que o pai do prefeito estava enterrado no cemitério e nem isso era motivo para que o mesmo zelasse pelo patrimônio público.

Vale salientar que o cemitério é municipal e quem detêm total responsabilidade pela manutenção do mesmo é a Prefeitura Municipal de Amaraji, diante das fotos vamos aguardar e voltaremos ao local para verificar se foi feito algo depois da publicação desta matéria.
Reprodução pagina do Facebook Severino Fidelis
Fotos públicas Facebook Severino Fidelis

Compartilhe:

Comentários

comments

One thought on “TIO DA DEP. MARY GOUVEIA DENUNCIA ABANDONO DO CEMITÉRIO DE AMARAJI

  • 10 de junho de 2013 em 5:36 am
    Permalink

    O Amaraji é Notícia, também deveria contactar o autor das fotos no Facebook, já que sabem que sou tio da deputada Mary Gouveia, a qual não tem nada a ver com a safadeza do cunhado prefeito, em não tratar do Cemitério. Mesmo assim, tenho as fotos e estou realmente envergonhado pelo fato ocorrido na vista que tive do Campo Santo. Os editores desse Jornal erraram em não me comunicarem que iriam expor minha foto para acusação de sua A ou seu B.
    O fato é que sou mesmo de Amaraji:

    Lembranças de Amaraji
    Eu as tenho pra sobrar
    Ali aprendi quase tudo
    Mordida de mangangá
    Encarei corte de cana
    E carreira atrás de preá

    Éramos dois heróis
    Sempre na defensiva
    Ora carregando carga
    Noutra cortando maniva
    Com ela fazia as roças
    Para comprar as camisas

    leiam mais em:
    http://www.recantodasletras.com.br/poesiasrecordativas/3260064

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.