PROFESSORES DE CORTÊS DECRETAM GREVE POR TEMPO INDETERMINADO

Reivindicando a adequação e implantação do piso salarial nacional, professores da rede municipal de Educação do município de Cortês decretaram, nesta segunda-feira (3), greve por tempo indeterminado. Segundo o sindicato dos Servidores Municipais de Cortês e Barra de Guabiraba (SINSMUCBGO), este piso era para ter sido dado desde janeiro deste ano. Em protesto, os educadores realizaram um ato público na praça central da cidade, onde expuseram faixas e fizeram suas reivindicações através de carro de som, os professores também realizaram passeata pelas principais ruas da cidade. O ato terminou em frente ao prédio da prefeitura, onde estenderam as faixas e realizaram apitaços.
Além do piso, os professores exigem também o pagamento do décimo quarto salário, que segundo eles, é garantido por Lei municipal. Ainda segundo a categoria o atual prefeito José Genivaldo dos Santos (PSB) não cumpri com o dever há dois anos. A greve, segundo a categoria, se deu por conta de que já foram realizadas várias mobilizações e paralisações durante todo o mês de abril, e mesmo assim, a gestão não teria negociado, nem buscado o diálogo.
Fonte: Folha PE
Compartilhe:

Comentários

comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.