MANIFESTANTES FECHAM AGAMENON EM SEGUNDO DIA DE PROTESTOS NO RECIFE

A Avenida Agamenon Magalhães, uma das principais do Recife, foi fechada pouco antes das 17h desta sexta-feira (21) por aproximadamente 400 manifestantes que saem às ruas do Centro da capital pernambucana no segundo dia de protestos que segue a onda nacional de mobilizações. Embora o grupo tenha informado que a caminhada iria seguir até a sede da Prefeitura, no Cais do Apolo, o protesto segue para Boa Viagem, na Zona Sul.
“Vamos para Boa Viagem, que é onde há mais pessoas que manipulam o povo”, explicou um dos organizadores do ato que não quis se identificar. As lideranças afirmam que a passeata será pacífica e que eles esperam o mesmo comportamento da Polícia Militar (PM). Além disso, prometem manter as principais vias de um dos bairros mais nobres do Recife bloqueadas durante toda a noite.
Os manifestantes saíram da Praça do Derby, no Centro, onde ficaram reunidos por mais de uma hora para definir a pauta de reivindicações. Eram 16h50 quando o grupo fechou a Agamenon no sentido Recife-Olinda. Depois, a caminhada segue fechando todas as faixas da avenida, com o objetivo de chegar à PCR.
Os manifestantes paravam nos sinais para decidir por onde iriam e, em seguida, corriam pela via até a próxima esquina. O protesto tomou, então, o sentido Olinda-Boa Viagem, deixando o trânsito travado apenas para os motoristas que tomam esse destino.
O policiamento é intenso no local, contando até com homens do Batalhão de Choque. Embora os policiais militares estejam com cacetetes e uma arma provavelmente com balas de borracha, o clima ainda é de tranquilidade. Os manifestantes evitam autorizar a passagem de carros pelos bloqueios, deixando apenas as ambulâncias que seguem para os hospitais da área transitarem.
Ao contrário do primeiro protesto, quando cada um fez um cartaz com as suas próprias insatisfações, este tem uma pauta de reivindicações definida. Melhorias na qualidade do transporte coletivo na Região Metropolitana e o passe livre para estudantes e trabalhadores desempregados são as principais.
Fonte: NE10 (atualizado ás 17:50)
Compartilhe:

Comentários

comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.