MINISTÉRIO PÚBLICO ESTADUAL (MPE) NOTIFICA MAIS UM PREFEITO POR NEPOTISMO EM PE

O Ministério Público Estadual (MPE), por meio da 1ª Promotoria de Justiça de Belo Jardim, no Agreste pernambucano, encaminhou recomendação ao prefeito João Mendonça Bezerra Jatobá (PSD), para que, no prazo de 72 horas, exonere os contratos de trabalho de servidores em cargos comissionados e em 15 dias os secretários municipais que detém vínculo de parentesco com autoridades públicas municipais. A solicitação foi feita pelos vereadores da oposição Rafael Lopes (PT), Tenente (PTB) e Silvano Galvão (PTB).
Na publicação do Diário Oficial consta a relação de 11 pessoas que, segundo a lei municipal n º 1.765/2009, prescreve a legalidade e princípio da impessoalidade baseado na lei do nepotismo que proíbe a contratação de cônjuges, companheiros, parentes por consanguinidade até terceiro grau, parentes por adoção e por afinidades como genros, noras, e sogros de autoridades dos poderes Executivos e Legislativo.
Entre eles estão à primeira-dama, Isabelle Costa Mendonça, secretária de Ação Social; a secretária de Saúde, Ana Arruda Aguiar Jatobá (cunhada do prefeito); José André Costa da Rocha (cunhado do prefeito) secretário de Produção e Desenvolvimento Rural.
Aparece também na lista José Wilson Mergulhão Maciel Filho, presidente da Autarquia Educacional de Belo Jardim (AEB), esposo da vereadora Patrícia Maria Bezerra Ramos Maciel (DEM); Silvia Renata Nascimento Bezerra, que responde pela direção do Belo Jardim Prev, filha da vereadora Maria da Paz do Nascimento Bezerra (DEM), e a avó do vereador Jair Fernando Bezerra Júnior (PMDB), Elizabete Maria Gomes, que responde pela secretaria da Mulher.
Informações: Blog do Jamildo
Compartilhe:

Comentários

comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.