MINISTÉRIO DA SAÚDE SUSPENDE REPASSES PARA O CABO DE SANTO AGOSTINHO

Devido a irregularidades no Sistema de Cadastro Nacional de Estabelecimentos de Saúde (SCNES), o Ministério da Saúde suspendeu o repasse de recursos para o município do Cabo de Santo Agostinho destinados à manutenção das equipes de Saúde da Família (ESF), de Saúde Bucal (ESB) e Agentes Comunitários de Saúde (ACS).
O Ministério da Saúde alega a falta de transparência nos repasses dos recursos da Atenção Básica. Como exemplo, cita a ocorrência de duplicidade no cadastro de profissionais do SCNES. De acordo com a pasta, só após a regularização dos dados junto ao SCNES, os gestores voltarão a contar com os recursos.
“É inadmissível o nosso município deixar de receber recursos, principalmente em uma área tão prioritária que é a saúde, por falta de compromisso do poder Executivo Municipal”, disse o vereador cabense Arimatéia (PSDB), responsável pela denúncia. O parlamentar também cobrou providências em caráter de urgência para solucionar o problema e regularizar o mais rápido possível a pendência com o Ministério da Saúde.

Fonte: Blog do Magno Martins

Compartilhe:

Comentários

comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.