CINCO CIDADES DE PERNAMBUCO AINDA SEM PREFEITO ELEITO

Após mais de 70 dias do início das novas gestões municipais, os cidadãos de 05 cidades pernambucanas continuam sem um prefeito definitivo. Enquanto no ultimo dia três, nove municípios brasileiros que tiveram resultado das eleições do ano passado anulado já realizaram um novo pleito; em Pernambuco, os municípios de Verdejante, Água Preta, Primavera, Santa Maria da Boa Vista e Dormentes, onde os prefeitos eleitos enfrentaram problemas na Justiça Eleitoral, ainda estão longe de ter uma definição sobre quem serão os novos gestores.
Em quatro destes municípios sequer ficou decidido se os candidatos vencedores terão seus registros de candidatura deferidos ou não. Se forem indeferidos, a Justiça Eleitoral jogará em cada caso se serão convocadas novas eleições ou se a prefeitura passará para o segundo colocado. Apenas em Santa Maria da Boa Vista foi tomada uma decisão: o vencedor Jetro do Nascimento (PSB) foi indeferido e serão realizadas novas eleições. Entretanto, o TRE ainda aguarda os prazos legais para a marcação do novo pleito.
O presidente do Tribunal Regional Eleitoral (TRE-PE), Ricardo do Paes Barreto (foto), explicou que o motivo da demora para a resolução desses impasses em Pernambuco é o fato de que, embora os processe já tenha sido julgados pelo TRE, ainda cabem ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE).
“Os processos foram julgados nas Zonas Eleitorais e os recursos, aqui no TRE, mas a palavra final será do TSE. Nos Estados onde já houve novas eleições, não houve recursos, daí ter sido possível realizá-las de imediato. Na maioria dos demais Estados, inclusive Pernambuco, não será tão rápido, exatamente por conta do processamento dos recursos, que naturalmente tomam feito o possível para encaminhá-lo depois a Brasília, para que o TSE possa definir se vai ou não haver outra eleição”, justificou, por meio de nota.
Compartilhe:

Comentários

comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.