HOSPITAL DE ESCADA FECHA AS PORTAS POR FALTA DE ÁGUA.

A noite desta segunda-feira (05) foi marcada pela visita do vice-prefeito eleito, Irmão Lailton, ao Hospital Regional. Ele recebeu denúncia de que a emergência estava fechada e que havia recusa de atendimento em primeiros socorros. A denúncia era verdadeira.

No momento em que chegamos para registrar o fato, um cidadão, que preferiu não se identificar, pediu atendimento e lhe foi negado. O motivo seria a falta de água no local. Devido ao defeito na “bomba d’água” desde o domingo (04), nem procedimentos padrões e indispensáveis (como lavar as mãos) podiam ser feitos.

A reincidência no abandono do principal hospital público de Escada não é novidade. Todos sabemos. Mas o que parece estranho é que tudo isso acontece e não são tomadas providências para impedir os absurdos ou punir a irresponsabilidade no cuidado com a saúde das pessoas.

Na sala do “Raio X” um cartaz em papel ofício avisa que atendimento somente na próxima quinta-feira (não expõe data), a partir das 7 horas. O vice-prefeito eleito, entrou na emergência, conversou com os profissionais de plantão e informou que levará o caso para o Promotor de Justiça da cidade.


Com informação do Giro PE.
Compartilhe:

Comentários

comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.