AMARAJI, PRIMAVERA E RIBEIRÃO SEM ÁREA PARA COLOCAR LIXO.

O presidente do Consórcio Público dos Municípios da Mata Sul Pernambucana – COMSUL, José S. Ramos de Souza, proibiu os municípios de Amaraji, Primavera e Ribeirão depositem lixo no a
terro sanitário de Escada,
A decisão foi tomada por falta de pagamento de Contrato de Programa nº 003/2011 por mais de três meses seguidos. O contrato é válido até o próximo dia 18 e ainda não se sabe como ficará a situação do aterro, tendo em vista que tramita projeto de lei na câmara no qual o prefeito pretende doar parte de terreno da Fazenda Santa Cristina para um posto de gasolina de Escada.

O consórcio, que atendia aos municípios de Amaraji, Cortês, Escada, Primavera e Ribeirão, agora absorverá apenas os resíduos de Cortês e Escada. Conforme o Programa Mata Sul – Cidade Limpa, todo o lixo produzido nestes municípios eram depositados no aterro.

Com informações do Giro PE.

Compartilhe:

Comentários

comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.