TCE MULTA GESTORA DO INSTITUTO DE PREVIDÊNCIA DE ESCADA POR SONEGAÇÃO DE DOCUMENTOS

Um auto de infração por sonegação de informações foi expedido contra a gerente do Instituto de Previdência do Município de Escada, Maria Lúcia da Silva, homologado pelo Tribunal de Contas do Estado (TCE-PE), na semana passada, após ter sido lavrado pela Inspetoria Regional de Palmares, na Mata Sul. O relator do processo foi o conselheiro Valdecir Pascoal.

No que toca ao Instituto de Previdência de Escada (Processo TC nº 1730017-4), a irregularidade foi o não envio, tempestivamente, de informações para alimentar o SAGRES em janeiro deste ano.

A gerente do órgão, Maria Lúcia da Silva, alegou que não houve dolo nem prejuízo ao erário, e que a irregularidade já fora sanada. Pascoal, no entanto, considerou “insubsistentes” os argumentos da defesa e aplicou multa à gestora no valor de R$ 7.717,00.

Do A Voz da Vitória.

Comentários

comments