PRESIDENTE DA CÂMARA DIZ QUE NORMATIZAÇÃO ATUAL DO TRÂNSITO DE AMARAJI SÓ É VÁLIDO APÓS APROVAÇÃO DE LEI

Durante reunião da associação comercial no Centro de Múltiplo-Uso em Amaraji com presença da população e também de comerciantes do município, na noite desta quarta-feira (21). O presidente da Câmara de Vereadores de Amaraji, Cláudio Roberto, rebateu o secretário municipal de governo Roberto Melo, sobre a sinalização e as formas de punição (multas) que a prefeitura permitiu durante meses aos munícipes que não cumprem com as recomendações postas de ruas de mão única no centro da cidade.

Em sua fala o secretário municipal de administração, citou que após consulta pública e receberem diversas reivindicações a Prefeitura Municipal decidiu normatizar as ruas, com dias de mão única e algumas vias de mão dupla, e que após a sinalização ser aplicada, é preciso o povo ajudar a gestão cumprindo as sinalizações.

Já o presidente da Câmara, Cláudio Roberto, informou que mesmo as ruas sinalizadas, a população não foi consultada e nem tampouco a casa legislativa sobre as vias que deveriam ser interditadas, e que por não ser lei no município, as multas aplicadas por órgãos de trânsito nestas áreas por estarem na “contra-mão” ou de forma irregular podem ser facilmente questionadas.

Ainda segundo o parlamentar, este mês de dezembro, caso o prefeito do município Rildo Reis não envie para a Câmara um projeto de lei de organização do trânsito, a casa irá avaliar mediante consulta pública uma forma de normatizar legalmente as vias públicas do centro da cidade.

 

Comentários

comments