POLÍTICA: FUNCIONÁRIOS SOFREM PERSEGUIÇÃO POLÍTICA EM JABOATÃO

O ex-deputado e atual prefeito de Jaboatão dos Guararapes, Anderson Ferreira (PR), tem demonstrado sua insatisfação quando o assunto é “apoio político dos funcionários de sua gestão”. Isso porque muitos terceirizados de sua gestão, tem sofrido retaliação após declarar apoio publicamente a candidatos a deputados que não são apoiados pelo grupo dos Ferreiras.

O que mais se comenta entre muitos munícipes, é o fato do chefe do executivo ter endurecido a perseguição com quem não declara apoio ao seu grupo. Nesta sexta-feira, (03), um funcionário que prestava serviço a prefeitura, pela empresa SERVITIUM EIRELI, teve seu contrato reincidido após declarar apoio em rede social a outro pré-candidato também de Jaboatão dos Guararapes.

Funcionário da prefeitura, tem confidenciado a pressão que tem sofrido de diretores de setores em grupos de aplicativos de bate papo, para replicarem conteúdos defensivos da gestão, sob pena de serem punidos caso não permaneçam nos grupos. 

A ação de punição indevida do prefeito, deixa pai de família desempregado e tem gerado revolta entre trabalhadores terceirizados que dependem unicamente deste serviço para sustentar suas famílias.

Comentários

comments