PREFEITO DE ESCADA E REPRESENTANTES DO GOVERNO DO ESTADO DEBATEM MELHORIAS NA SEGURANÇA PÚBLICA

Na manhã desta terça-feira (05), autoridades e representantes do governo do estado estiveram reunidos na sede da prefeitura de Escada, para tratarem sobre a segurança e a violência que se alastra por todo estado.
 
Precisamos combater de forma imediata, não só a violência, mas o tráfico de drogas, precisamos juntar forças de todos os secretários, polícia militar, polícia civil, e o governo do estado, precisamos fazer um trabalho social eficaz, para combater as drogas e proteger nossas crianças e adolescentes” destacou o prefeito Lucrécio Gomes.
 
Na reunião foi cobrado ao representante do governador Paulo Câmara, as demandas já enviadas pelo governo municipal ao governo do estado, como o aumento do efetivo policial, os plantões extras da delegacia de polícia, e mais viaturas para cobrir a zona rural e urbana da cidade. “O Plantão 24h na cidade seria essencial para melhora o atendimento das polícias civil e militar, não iria precisar ter que deslocar uma viatura para Vitória, às vezes impossibilitando agilizar os serviços” afirmou o delegado Rogaciano Campos.
 
O Procurador Municipal, Dr. Klaus Lima durante a reunião cobrou do representante do Governo do Estado, Amaro Ferraz, que as demandas enviadas e debatidas para Escada junto com o governador Paulo Câmara seja atendida, pois a segurança é uma responsabilidade do estado com parceria da prefeitura, “O que estamos requerendo para a cidade é o plantão de 24h, não é justo e não tem desculpa, é preciso realocar recurso do Governo do Estado para que seja aberto o plantão 24h em Escada, para as ocorrências que acontecem à noite, e não precisar fazer o deslocamento para a cidade de Vitória.” Klaus Lima.
 
As demandas foram debatidas entre todos os representantes de cada órgão, e enviada ao governo do estado, uma reunião era marcada entre o prefeito e o governador para tratar de ações efetivas e melhorias na estrutura policial em Escada, para que atenda a demanda local e regional, para as cidades de Primavera, Amaraji e Ribeirão.

Comentários

comments