REQUERIMENTO DE REGISTRO DE GRANJAS DEVE SER FEITO ATÉ SÁBADO (3)

Os produtores de aves comerciais precisam enviar até sábado (3) o requerimento de registro das granjas para o Serviço Veterinário Estadual (SVE). Com a solicitação, produtores das aves de corte e de ovos em escala comercial podem fazer novos alojamentos em suas propriedades.

O objetivo do registro é assegurar medidas de biosseguridade, ou seja, proteger a propriedade de doenças que atingem os animais. Entre as exigências está a instalação de telas e outras medidas que estão na Instrução Normativa do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento.

O assessor técnico da comissão de aves e suínos da Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA), Victor Ayres, destaca a necessidade de se tirar o registro para garantir as melhores condições sanitárias.

“A importância do registro é que o nosso serviço de vigilância oficial saibam onde estão as granjas de produção comercial de aves. Elas sabendo, vão conseguir fazer uma investigação, com muito mais possibilidades de executar um controle das possíveis doenças que podem entrar no país e mitigar os riscos.”

Ele relembra ainda que o processo segue um cronograma e o primeiro passo é fazer o requerimento no Serviço Veterinário de seu estado. Após solicitar a vistoria, é preciso esperar pela inspeção da vigilância para fiscalizar a granja e emitir o laudo de inspeção sanitária, desde que as normas tenham sido cumpridas.

Ayres relembra também que o produtor que não estiver com a situação regularizada não poderá comercializar e transportar o produto para frigoríficos.Segundo ele, o uso de telas nas granjas é indicado para que as aves silvestres não tenham contato com os animais que serão comercializados.

Comentários

comments