2º ANO SEM ENCENAÇÃO DA PAIXÃO DE CRISTO EM AMARAJI

A principal encenação da Paixão de Cristo da mata sul, realizada em Amaraji há 18 anos, recentemente revivida de 2012 a 2016, completou seu segundo ano sem ser encenada. O desestimulo para o grupo teatral deve-se a falta de apoio pelo principal patrocinador, a iniciativa pública.

Segundo os participantes e organizadores, toda estrutura, figurino, produção de áudio, além de sonorização, segurança e socorristas envolvidos, custam um elevado valor de custo, que eram custeados pela iniciativa pública em sua maioria e pequena parte pela iniciativa privada.

Com a falta de repasses de recursos destinados a cultura local, o grupo não dispôs de outra fonte e teve que interromper a apresentação em 2017 e consequentemente em 2018. O que restou tanto para munícipes e turistas, foi apenas a saudade que perdura nas lembranças de quem assistiu o espetáculo.

O evento nos dois últimos anos que foi realizado em 2015 e 2016, ganhou grandes proporções a nível do estado, sendo selecionado no Ciclo das Paixões de Pernambuco do Governo do Estado, elevando a cidade a uma das principais vias de turismo no período em que se comemora a morte e ressurreição de Cristo, além de ser destaque na TV Globo.

Em 2017, atores, produtores, e todo a estrutura foram direcionadas para uma apresentação na Paróquia de São José, porém de menor proporção e em espaço incapaz de comportar todo o elenco. Segundo organizadores e atores, “é uma perda irreparável, infelizmente é uma desvalorização do berço cultural local”.

Em 2017, com a confirmação que não iria acontecer a apresentação teatral, o elenco amarajiense foi surpreendido por vídeos de estímulo dos atores de Nova Jerusalém, em Brejo da Madre de Deus.

 

Comentários

comments