FEBRE AMARELA: MINISTÉRIO DA SAÚDE ALERTA QUE IDOSOS PRECISAM SE VACINAR

O Ministério da Saúde alerta sobre a importância dos idosos se vacinarem contra a febre amarela. A doença pode trazer consequências muito graves para quem não foi vacinado. Se você tem mais de sessenta anos e mora em uma cidade onde está sendo realizada a vacinação, não deixe de comparecer até o posto de saúde mais próximo de sua residência para ficar livre da doença. Os estudos do Ministério da Saúde atestam que a vacina contra febre amarela é a medida mais segura e eficaz de proteção. Além disso, a coordenadora-substituta do Programa Nacional de Imunizações do Ministério da Saúde, Ana Goretti, explica que a pessoa idosa não precisa de encaminhamento médico para se vacinar.

“Essa população com mais de sessenta anos, elas precisam ser vacinadas sim. Elas não precisam ter uma prescrição médica, elas devem ser avaliadas pelas unidades de saúde onde está acontecendo a vacinação e tem que ser avaliado o estado geral dessa pessoa. Se ela não é um imunodeprimido, se essa pessoa não tem uma doença de base grave, se essa pessoa não está em quimioterapia, radioterapia ou em uso de algum tipo de medicamento que faça com que ela tenha um problema de imunodepressão, ela pode sim e deve ser vacinada”.

Entre o dia primeiro de julho de 2017 até 20 de fevereiro deste ano, foram confirmados 545 casos de febre amarela no Brasil, sendo que deste número 164 morreram. Ao todo, foram notificados pelos estados e municípios 1.773 casos suspeitos, sendo que 685 foram descartados e 422 permanecem em investigação.

Comentários

comments