CAMPEONATO CHÃ-GRANDENSE INICIA NESTE DOMINGO (22), COM A PARTICIPAÇÃO DE 12 EQUIPES

A edição 2017 do Campeonato Chã-grandense de Futebol começa neste domingo (22), com doze equipes participantes. Esse será o primeiro campeonato de futebol local em Chã Grande nos últimos anos, reunindo os atletas locais e incentivando a prática esportiva na cidade.

Com partidas sendo realizadas no estádio Ewerson Simões Barbosa, o Babrosão, que este ano já recebeu três competições oficiais, sendo o Brasileiro e o Pernambucano Femininos e a Série A2 do Campeonato Pernambucano, a competição tem tudo para agradar o torcedor chã-grandense.

Todas as equipes participantes foram divididas em três grupos, com quatro equipes cada. No Grupo A jogam Sevilha, Continental, Desportivo Capela e Guarani; no B estão Ipiranguinha, Grêmio Zizi, Vila Nova e Ajax; a chave C reúne o Fumuca, a Baixada, o Renascer e o Montreal.

Ao todo, segundo o cronograma do Departamento de Esportes, serão cinco finais de semana para que as equipes somem pontos e consigam classificação para a fase seguinte. Em seguida, os dois times com maior número de pontos em cada grupo, juntamente com os dois melhores terceiros colocados, seguem para as quartas de final.

Ainda sem data divulgada, a decisão do Campeonato Chã-grandense 2017 deverá acontecer entre o final de novembro e início de dezembro.

Equipes – As equipes que participam da competição são todas do município. Algumas delas representam comunidades rurais, enquanto que outras levantam as bandeiras de bairros ou ruas da cidade.

Pela zona rural, disputam a competição as equipes do Desportivo Capela, da comunidade de Mutuns; Guarani, da região de Macacos; Grêmio Zizi, de Freixeiras; e Renascer, que representa a região da Mangueira.

Pela zona urbana, participam as equipes do Sevilha, Continental, Ipiranguinha e Montreal, além de Vila Nova, representando o bairro do Matadouro, Fumuca, pelo bairro da Camela, e Baixada.

Título – Das 12 equipes que disputam o Campeonato deste ano, apenas o Fumuca já levantou a taça. Isso ocorreu em 2015, quando venceu a equipe do Ipiranguinha na final. Enquanto a equipe camelense brigará pelo bi, todas as demais equipes entram na disputa pelo título inédito.

Com informações da assessoria.

Comentários

comments