PSB NÃO APRESENTARÁ NOME PARA PRESIDÊNCIA DA ALEPE

O presidente estadual do PSB, Sileno Guedes, depois de se reunir na tarde desta segunda-feira (19), com a bancada de deputados estaduais do PSB, para tratar do posicionamento dos socialistas para a eleição da Mesa Diretora da Casa, não adiantou nomes do partido para disputar a presidência da Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe), como chegou a ser especulado. O dirigente justificou o posicionamento com o argumento de que a direção quer “evitar confrontos e prezar pela unidade”.
Apesar de ter hoje a maior bancada da Alepe, com 15 deputados, entrar num embate direto com o atual presidente da Casa Joaquim Nabuco, Guilherme Uchoa (PDT), poderia respingar no governador Paulo Câmara (PSB) e na imagem de renovação política, bastante defendida durante a campanha eleitoral.
O encontro – embora tenha sido breve e sem definições – foi marcado por sinais do período enfrentado pelos parlamentares socialista. Depois da conversa, os deputados saíram rapidamente da sede do PSB e evitaram falar com a imprensa ou explicar detalhes da reunião. A vontade individual de cada parlamentar é abafada pela busca da unidade partidária.
“Preferências pessoais cada um pode ter, mas prevalece, sobretudo, a unidade do partido. A decisão do partido será acompanhada pelos demais. Isso dá ao PSB um peso na decisão muito grande. Pode ser que alguém tenha opinião pessoal, mas todos se comprometeram, nesta mesa, a marchar unido”, afirmou Sileno.
Estiveram presentes nesta segunda 11 dos 15 deputados. As faltas foram Lula Cabral, Raquel Lyra, Clodoaldo Magalhães e Francismar Pontes. A eleição da nova mesa diretora da Alepe está prevista para o início de fevereiro.
Do Blog do Jamildo.

Comentários

comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.